Como precificar um produto para revender?

Avaliar os custos por trás da venda do produto final nem sempre é um trabalho fácil, e fica ainda mais sensível quando envolve aplicar o preço em um produto que será revendido. 

Em uma transação de um produto em que você conhece da extração da matéria prima até o fornecedor, fica mais fácil avaliar quanto de recurso financeiro foi aplicado e depois analisar o custo do produto final. 

Quando a realidade é diferente, e você conhece apenas o fornecedor, o ideal é que o preço do produto para revenda seja estimado a partir do seu início de investimento e processo de compras. 

Esses são pontos comuns que estão relacionados a como precificar um produto:

  • Quanto custou a unidade da roupa para você? 
  • Sua empresa teve custos para receber a mercadoria? 
  • Sua empresa teve custos para buscar a mercadoria? 
  • Foi necessário pagar funcionários para fazer a organização do estoque? 

No processo de precificação de roupas, até a linha deve ser calculada. Se ocorrer dessa forma, a empresa pode prosperar ao invés de entrar em crise financeira e vir a quebrar. 

Por isso, que tal dedicar tempo para pôr o  lápis e o papel para trabalhar e analisar tudo que precisa para suas roupas ficarem a disposição e acesso do cliente, e só depois disso e muitos cálculos, precificar as roupas? 

Quando esse tipo de gestão não acontece a empresa pode ficar sujeita a:

  • Gerar prejuízos 
  • Ficar pra trás em relação a concorrência 
  • Reduzir o número de vendas 
  • Chegar a falência 

O equilíbrio 

Contudo, de pouco ou nada adianta custear todos os custos ao precificar um produto para revender e ele não ter saída porque o preço está acima do que deveria. Por isso é fundamental ter senso crítico e ser justo  nessa hora e encontrar um equilíbrio entre o custo, o lucro e o preço de saída do produto. 

Utilizar a pesquisa de campo entre a concorrência pode ser um recurso interessante para comparar o seu preço com os demais do mercado. Buscar abastecer os estoques com um fornecedor que facilite as formas de pagamentos também é uma estratégia para aliviar o peso da necessidade de uma margem de custo muito alta. 

Atenção! 

Ao fazer a soma dos custos é importante colocar os impostos nos cálculos e assim programar o pagamento deles, independente se o período foi bom para vendas ou não. Lembre-se de descrever e diferenciar o que de fato é imposto e o que são despesas. Caso sinta necessidade entre em contato com um profissional da área de contabilidade e evite multas e perdas financeiras por questões burocráticas. 

Qualidade x quantidade 

E por último, escolha o produto que será precificado com a revenda pela qualidade e contabilize o custo individual quando for fazer a soma. Isso além de agregar valor para sua marca pode fazer com que você suba o preço uma vez que o produto precificado tem mais qualidade. 

Após as orientações desse artigo você está pronto para deixar a sua empresa mais próspera. Estipule seu lucro, seja justo ao contabilizar os custos da empresa para com as compras dos produtos, escolha os produtos com qualidade e além de preço no produto para revenda, agregue valor e fascine os clientes de sua empresa!