Dicas para empreendedorismo em tempos de Covid-19

Empreender depois de tantas semanas de isolamento social e quando a economia está apenas começando a se movimentar parece, em princípio, muito arriscado. Também é verdade que muitas pessoas estão começando a perder o emprego, ou têm medo de perdê-lo logo e já procuram alternativas para gerar renda extra. É quando começar um negócio não parece uma ideia tão maluca.

Além disso, há outro fato a se levar em conta: algumas das empresas mais conhecidas e bem-sucedidas da atualidade, como Uber e WhatsApp, nasceram após a crise econômica de 2008. Quando tudo é incerteza e mudança, novas necessidades e oportunidades aparecem, e os vencedores são aqueles capazes de aproveitá-los com inteligência, criatividade e coragem.

Por isso, hoje queremos compartilhar com vocês as melhores dicas para empreender nos tempos de Covid-19, e que também podem ser úteis para quem já tem uma empresa e busca desenvolver novos ramos de negócios. Anote!

1- Compreenda as novas necessidades do mercado

As mudanças nas necessidades e hábitos dos consumidores aumentaram drasticamente nos últimos meses. Além disso, as condições de isolamento e o aumento das compras pela Internet os tornam mais impacientes e exigentes.

Portanto, se você já tem uma ideia de negócio na cabeça, é mais importante do que n

2- Tornar o atendimento ao cliente a missão mais importante da empresa

Em tempos de recessão, a lealdade do consumidor se torna vital. Porque, é muito mais caro conquistar novos clientes do que manter os atuais. E a estratégia mais eficaz para conseguir isso é oferecer um serviço excepcional.

Portanto, se você estiver trabalhando em um plano de negócios, defina claramente os processos de atendimento ao cliente e de serviço pós-venda. E se você já tem um negócio em operação, análise como pode melhorar essa área e se colocar à frente da concorrência.

3- Seja aberto e transparente com seus parceiros e funcionários

Quando tudo é incerto, a comunicação honesta se torna essencial para construir confiança e, então, poder acessar todas as ferramentas de que precisamos para abrir ou expandir um negócio. Por exemplo, o voto de confiança ou fundos de investidores, ou o comprometimento e trabalho extra dos funcionários.

Portanto, como proprietário de uma empresa, é vital que você analise como se comunica com seus stakeholders (todos aqueles interessados ​​na gestão do negócio), se o faz com frequência e quais novos canais de contato pode ativar neste momento. Pense, por exemplo, em uma sessão semanal de Zoom, e-mails personalizados ou telefonemas com os responsáveis ​​de cada área da empresa.

4- Busque o conselho de mentores

O apoio de outro empresário que já vivenciou a mesma coisa que nós, ou de um especialista em determinada área (como finanças ou acesso a canais de varejo), é vital quando não temos nenhuma experiência empresarial.

E isso se torna ainda mais importante nestes tempos, quando há tantos setores em apuros, tantas empresas fechando ou se reduzindo, e quando a previsão é que a economia global leve meses para se recuperar. Ter um mentor, ou melhor, um conselho consultivo bem constituído, não só o deixará mais confiante ao tomar decisões importantes, mas também trará tranquilidade aos investidores.

Com o Canal Dstak você pode iniciar o seu negócio com pouco investimento e gerar grandes lucros, realizar o seu sonho e transformar o seu hobby no seu negócio.